JOVENS DESIGNERS TRANSFORMAM MADEIRAS DAS RUAS EM ÓCULOS

Que tal usar madeira abandonada nas ruas em produtos sofisticados com tiragem limitada? Um grupo de jovens designers resolveu aliar inovação com sustentabilidade, transformando em negócio óculos de madeira recolhida nas ruas. Segundo o designer Henrique Meyrelles, sócio da empresa Zerezes, cerca de 1.800 óculos foram produzidos e 1.500 já foram vendidos. Cada produto é personalizado com o nome da rua de onde a madeira foi recolhida. “O projeto começou quando a gente viu umas referências de óculos maneiras nos Estados Unidos. Na época, ainda não tinha isso no mercado brasileiro nem dava para comprar aqui. O reaproveitamento das madeiras, de usar madeiras de demolição, veio de encontrar mesmo madeiras de alto valor que não são nem mais comercializadas, sendo descartadas em vários lugares da cidade”, conta Henrique Meyrelles.

A produção hoje é de 200 óculos por mês. Os preços variam de R$ 370 a R$ 500. O próximo desafio dos jovens empreendedores é transformar o lixo das carpintarias em matéria-prima para uma nova linha de óculos. “A vantagem maior é a gente poder reaproveitar o máximo possível do que a gente gera. Grande parte dessa serragem ia para o lixo também. Ela é usada como adubo ou é queimada, como é a madeira reaproveitada. Então a gente poder reinserir mais uma vez isso no processo. Para a gente é o melhor que a gente pode fazer, é o melhor uso para ela”, afirma Luiz Eduardo Rocha.

Fonte: G1
Av. 9 de Julho, 40 - 11º Andar - Centro
CEP 01312-900 - São Paulo, SP
Fone (11) 3259.9162
E-mail: contato@abcioptica.com.br
Copyright © Todos os direitos reservados para ABCI - Associação Brasileira de Óptica